Discografia

Luan O Nosso Tempo É Hoje

Capa do CD "O Nosso Tempo É Hoje"

Compre no

Ouça no

  1. Um Brinde Ao Nosso Amor
  2. Tudo Que Você Quiser
  3. Garotas Não Merecem Chorar
  4. Cê Topa?
  5. Sogrão Caprichou
  6. Tanto Faz
  7. Parede Branca
  8. Voar Outra Vez
  9. Te Esperando
  10. Multiplica
  11. Donzela
  12. Te Vejo Linda
  13. Pot-Pourri Modão: Anjo Loiro/O Último dos Apaixonados
  14. Isso Que É Amor
  15. Promete
  16. O Nosso Tempo É Hoje
  17. Te Vivo
  18. Cabou, Cabou
  19. Mais Que Amigos
  20. Nega

Release do CD

É chegada a hora. Alvo de uma enxurrada de comentários nas redes sociais, elogios de público e crítica, desde sua gravação, em julho, na Arena Maeda, em Itu, o novo DVD de Luan Santana entra em contagem regressiva para desembarcar nas prateleiras em 21 de outubro. Até lá, uma série de ações levará democraticamente a todos uma mostra do que vem por aí. No dia 7, o canal do cantor no YouTube põe no ar o vídeo “Tudo o que você quiser”. No dia 19, uma ação simultânea há de levar o resultado desse trabalho a 18 salas de cinema de todo o Brasil, num mapa que inclui Florianópolis, Campinas, São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Salvador, Recife, Campo Grande, Cuiabá, Londrina, Curitiba, Fortaleza, Vitória e Manaus. E, ainda no dia 20, antes que o DVD chegue de fato às mãos dos fãs, tem lançamento do novo site de Luan. Espere para ver. “Este DVD traz algumas regravações que vocês transformaram em sucesso e as inéditas também que prometem tocar no coração das pessoas em casa. Pelo menos, esta foi a nossa intenção, tocar o coração das pessoas de alguma forma, fazer com que quem assistir o DVD em casa sinta a mesma energia de quem estava lá e que eu senti ao subir no palco e cantar pra essa galera, que foi perfeita, impecável e que, realmente, fez o show”, confessa Luan. Com 20 canções, “O Nosso Tempo é Hoje” moveu, na realização do show ao vivo, um dos mais belos corais espontâneos que o cantor já testemunhou para o seu repertório. Entre juras de amor e gingado, Luan puxou com a plateia as seguintes canções: “Um Brinde ao Nosso Amor”, com direito a chuva de papéis picados e fogos de artifício, “Cabou”, que, lançada em EP em junho passado, logo ganhou a boca e os ouvidos de todo o país, “Tudo o Que você Quiser”, “Garotas não Merecem Chorar”, “Te Vejo Linda”, “Sogrão Caprichou”, “Tanto Faz”, “Te Vivo”, “Promete”, “Cê topa”, “Voar Outra Vez”, “Parede Branca”, “Te Esperando” e a inédita “Donzela”, que atraiu duas fãs ao palco, contempladas com cafuné, declamação de amor e rosas. E mais: “Anjo Loiro”, música que fez história nas vozes de Milionário e Zé Rico, um clássico da moda de viola, oferecida à sua família, logo ali presente. Engatou na sequência outras modas de viola, quando chamou os músicos para o meio da pista e fez da Arena Maeda a sua casa, de tão à vontade que estava. “O Nosso Tempo É hoje”, que batiza o DVD, na gravação, ganhou imediata identificação do público com o ritmo eletrônico. É fato: em questão de poucos minutos Luan vai da balada ao romance, com e, para tudo, emocionar-se logo em seguida, como em “Te Vivo”. Em “Multiplica”, derreteu-se ao ver a multidão promover seu nome ao verso da canção (“enche de Luan na minha vida”). Praxe no seu histórico de palco foi dedicar uma canção a Deus, e veio “Mais que Amigo”, arrepiando o público. A chuva de papel picado anunciou o fechamento da celebração com honras e uma “Nega” no mais que cantado repertório. Uma reverência dos músicos selou a bênção da ocasião. O CENÁRIO Foi um show arrebatador, planejado em detalhes para que o espetáculo tivesse como pano de fundo o por do sol, bem ali, na Arena Maeda, em Itu, onde festivais musicais do SWU já comoveram multidões. E onde, às 18h00, horário exato do início da gravação, horário de Ave Maria, em que os sinos dobram, o universo e todos os anjos conspirassem para que Luan Rafael Santana transformasse sonho em realidade, junto com os seus fãs. Já que tudo toma proporções gigantescas no município paulista, Luan tratou a produção deste DVD como “uma festa ousada e grandiosa”. A direção de vídeo é assinada por Joana Mazzucchelli, com produção musical de Dudu Borges e realização da produtora Polar Filmes. Este é o terceiro DVD da carreira de Luan Santana e o primeiro a ter um batismo: “O Nosso Tempo É Hoje”. “Eu e a Joana (Mazuchelli) tivemos essa ideia maluca de construir um mundo só nosso, um mundo só meu e dos meus fãs, em forma de agradecimento e de retribuição por todo esse carinho que eu recebo durante toda a minha carreira. Este DVD é a realização de mais um sonho. O que a gente viveu realmente foi um sonho. Cada música foi escolhida a dedo, cada peça do cenário, cada elemento. Este cenário grandioso consiste numa aldeia, em que reunimos todo o público. É um cenário 360º, em que as pessoas fazem parte dele. Nós queríamos fazer com que as pessoas realmente participassem e que não fosse aquela coisa comum e, sim, uma experiência única, em que os fãs realmente se sentissem dentro do me u show”, afirma o cantor.

EXTRAS A edição final traz gravações realizadas em outros cartões postais do vasto mapa brasileiro. São imagens de São Paulo, Rio de Janeiro, Goiânia e Belo Horizonte, além de um making of a ser registrado em Itu, a 102 km da capital, desde que o cantor pisou por lá. Luan escolheu a Arena Maeda não só pelo histórico dos eventos ali abrigados. “Além de sediar grandes shows como o Festival de Música SWU, escolhi o Maeda pela inovação e a cidade pela representação ao interior, que tanto é importante para o desenvolvimento sócio-cultural e histórico do País como um todo”, define. Em suma, Luan assinala: “Quis sair do lugar comum, já que todos, inclusive eu, já gravam e/ou gravaram no Rio, São Paulo ou grandes capitais. É a hora e a vez do interior que pulsa no coração do estado” . Até por isso, também serão inseridos no filme outros cenários, em tom de making of, de imagens captadas em Mossoró RN), Caruaru (PE) e Eunápolis (BA). E tem mais: registros da primeira viagem de Luan ao Japão. O cantor curtiu tanto a Terra do Sol Nascente que decidiu eternizar momentos que viveu nos cinco dias que ficou por lá no final de julho. “O Nosso Tempo é Hoje” endossa a presença de um Luan mais maduro, mais romântico, mais pop, mais mais, na certeza de que amar é verbo que se conjuga em todos os tempos. A VIDA DE UM ÍDOLO Seis anos de carreira • Mais de 3,5 milhões de cópias vendidas em CDs e DVDs • Campeão de execução nas rádios de todo o Brasil • Mais de 12 milhões de seguidores nas redes sociais Dezenas de Prêmios, sendo: • Prêmio Multishow 2013 – Melhor cantor • Meus Prêmios Nick 2013 (Ainda em votação) – Finalista “Cantor favorito” • Prêmio Jovem Brasileiro – Melhor cantor jovem • Melhores do Ano 2012 – Cantor do ano • Meus prêmios Nick 2012 – Cantor favorito • Indicação ao Grammy Latino 2012 como melhor álbum sertanejo • Capricho Awards 2012 – Hit do ano com a música Te vivo • Artista mais indicado no Prêmio Multishow 2012 • Melhores do Ano 2010 – Música do Ano (Meteoro) e Cantor do Ano • Prêmio Multishow 2011- Melhor Show • Meus Prêmios Nick 2011- Melhor Cantor • Meus Prêmios Nick 2011- Melhor Música (Um Beijo) • Premio licensing Brasil – Melhor licenciamento/ categoria celebridade • Troféu Imprensa 2011 – Revelação do Ano • Troféu Internet 2011 – Revelação do Ano • Troféu Internet 2011 – Melhor Cantor • Prêmio Jovem Brasileiro 2011 – Melhor Cantor Jovem • Indicação ao Grammy Latino 2012 como melhor álbum de música sertaneja. • Melhores do Ano 2009 (Faustão): Revelação do Ano • Prêmio Multishow 2010: Revelação do Ano • Meus Prêmios Nick 201: Cantor do Ano e Música do Ano ( Meteoro) • Prêmio Música Digital 2010: Música do Ano e mais vendida. • Prêmio Vagalume 2010: 1º lugar nas 3 categorias disputadas: Melhor Site, Melhor Rede Social (Twitter) e Melhor Blog de música. • Prêmio Jovem Brasileiro 2010 – Melhor Cantor Jovem • Troféu “Embaixador do Rodeio de Barretos • Top TVZ – Melhor artista nacional Para este DVD: 500 Profissionais foram envolvidos na produção. 100 Carretas foram necessárias para transportar os equipamentos. Infinito é o amor que Luan sente por cada fã. O DVD, PELA IMPRENSA “Naquele clima de gravação mesmo… Transforma planos em sonhos e apresenta ao público a nova cara da música sertaneja, que não dispensa a moda de viola e brinca de rave com a força da batida eletrônica”. (Adaíra Sene – Diário de Pernambuco) “Luan Santana é de fato um artista completo. E a julgar por tudo o que ele vem fazendo e por mais essa gravação, é seguro dizer que a música sertaneja está em boas mãos”. (Marcus Vinícius – Blognejo) “Foram poucas vezes que Luan precisou recomeçar uma música ou repeti-la. A equipe estava em uma bela sintonia para levar um espetáculo inesquecível aos fãs”. (Paola Correa – Portal R7) “Algumas canções inéditas foram divulgadas na última semana pra que os fãs pudessem cantar junto na gravação, e pela vontade com que as músicas foram cantadas, a estratégia valeu a pena”. (André Piunti – Universo Sertanejo) “Bandeiras de cada estado do Brasil foram distribuídas aos presidentes de cada fã-clube para simbolizar a presença do país inteiro na gravação”. (Luana Eid – G1 / Globo.com) “Mesmo com poucos ensaios no local do show, ele e sua banda só precisaram refazer três músicas e não fizeram paradas longas entre as trocas de roupa”. (Thays Almeida – UOL) “…foi “Tudo o Que Você Quiser”, terceira canção do DVD que arrancou lágrimas até de jornalista…” (Cristiane Bomfim – Estado de São Paulo)

Albuns